quinta-feira, 10 de setembro de 2009

AMORes cAídos

Ontem choveu muito.
Hoje a calçada ainda estava molhada,
Caidas no chão, as pequenas amoras faziam roxas poças de sangue venoso.

2 comentários:

Ro Xo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ro Xo disse...

Ele corre, entre a Grande Circulação até atingir o coração, misturando-se com o ar respirado pós chuva, ar fresco e leve, ar suave e agrádavel, transformando-se em sangue bom e arterias. Permitindo ao tempo estancar as poças de amoras roxas...

Lindo Reds!!!
Consigo imaginar as amoras roxas!!!
bjo reds