sábado, 11 de julho de 2009

De Doces, Azedos, Vovós e Lobos


biZarro: eu tinha feito esse desenho um mês atrás, só a lápis, durante uma aula da faculdade, tinha recebido um e-mail sobre um concurso de ilustração de contos infantis... deixei de lado para colorir ou mexer nele depois e ele se misturou à bagunça do quarto... ai, por esses dias, eu achei.
Resolvi dar um trato no photoshop e queria postar aqui, mas só agora quando estou de fato postando ele no blog é que eu percebi a sincronicidade da situação...
O Lobo mau da história da chapeuzinho não tinha nome, ele era só "Lobo Mau", o que já tornava ele bem assustador.
Mas aqui na minha história o lobo tem nome e sobrenome,
se chama: "Dr. Câncer D. Pulmão".
Mas pra falar a verdade e nunca entendi muito bem essa história, ela era muito confusa e tinha muitas versões. O lobo comia a vovó ou ela se escondia no armário... não, ele comia a velhinha!
Só depois, no final, chegava o lenhador e tirava ela da barriga do animal...
Também sempre ficava indignado com a burrice da Chapeuzinho! Como ela não percebia que quem estava alí era o lobo e não a avó dela??
Que olhos grandes, que orelhas compridas, que boca enorme...
Era quase como se ela não quisese enxergar que a avó tinha sido engolida e na verdade ela, Chapeuzinho, estava cara-a-cara com um Grande Lobo Mau e Peludo.
Eu entendo melhor a Capeuzinho agora.
Ela estava encarando a Morte.
Queria conseguir ser mais como o Lenhador e menos como a Chapeuzinho.
Mas eu não tenho nenhum machado, só lápis, papel, photoshop, internet e poesia.
Ainda sim eu queria poder levar doces para ela.
Os mais gostosos, os mais saborosos, açucarados e apetitosos doces.
Pela estrada a fora.
o caminho é deserto (desert)
(e eu queria que fosse desserto, do inglês "dessert", sobremesa)
Uma letra "s" faz toda a diferença.
Transforma deserto em desejo.
Agora não estamos na estação dos "esses", eles estão em falta.
ai a gente tentar substituir os "esses" por "zês": z, z, z;
Os pudins, bolos, brigadeiros viraram: pundinz, boloz, brigadeiroz... todoZ aZedaram
O único 'Zê" que não azeda é o dela:
vovoZinha.

3 comentários:

Pri disse...

nego, espero mesmo que possam existir muitos lenhadores nessa sua história.

um que tire o lobo mau e o jogue bem longe da vida de sua vó.
esse lobo au está afetando a tdoos nós, te queremos bem e queremos bem a sua vóz e logo.

se cuide!

beijos!

Mariana Fulfaro disse...

Um abraço bem apertado! Daqueles que só os verdadeiros sabem dar!

Bjus

R. disse...

carinho.